A incrível história real dos cavaleiros Templários – Parte 1

Você já deve ter ouvido falar da Ordem dos Cavaleiros Templários. A história conta que a ordem foi fundada após a primeira cruzada, por Hugo de Payens, em 1118, com o apoio de mais 8 cavaleiros, entre eles André de Montbard, tio de Bernardo de Claraval, e do rei Balduíno II de Jerusalém, que os acolheu em seu palácio em uma das esplanadas do Templo.

Cavaleiro Templário

Nasce assim os Pobres Cavaleiros de Cristo, que, por se estabelecerem no monte do Templo de Salomão, vieram a ficar conhecidos como Ordem do templo, e por Templário quem dela participava. A finalidade da Ordem era proteger os peregrinos que se dirigiam a Jerusalém, mais precisamente o caminho de Jafa a Cesareia, vítimas de ladrões em todo o percurso e, já na Terra Santa, dos ataques que os muçulmanos faziam aos reinos cristãos que as Cruzadas haviam fundado no Oriente.

Cavaleiros que renunciaram a tudo para se tornarem puros que seguem

estritamente e cegamente segue as ordens de seu mestre.

Realmente era uma obediência e uma disciplina absolutas bem diferentes

dos outros cavaleiros feudais.

Deixe uma resposta